sexta-feira, 18 de julho de 2014

Por que nunca estamos satisfeitos

imagem do site http://www.greenberg-art.com
Por que nunca estamos satisfeitos

Não me refiro aqui ao âmbito de trabalho onde se diz que nunca devemos estar satisfeitos, concordo com isso em 99% do contexto, porque em alguns casos devemos ficar satisfeitos com um bom trabalho realizado e o cumprimento de uma estratégia ou tarefa dentro do planejado.

Me refiro aqui as nossas vidas pessoais. Ninguém nunca está satisfeito com o que tem, sempre queremos mais e mais e mais.
A própria industria nos condiciona a isso, quando um modelo novo de celular é lançado, todo mundo quer, vira objeto de desejo até que um modelo mais novo e mais high tech aparece e aquele novinho já ficou obsoleto.

Quando andamos na rua e observamos os modelos de carro, sempre desejamos um melhor, por mais novo e caro e ponta de lança que nosso carro seja, sempre haverá um melhor.

Nossa casa sempre pode melhorar, queremos uma maior, mais bonita e mais bem localizada.

Queremos sempre a melhor roupa, as melhores viagens, os melhores objetos e sempre em muita quantidade, queremos ter tudo e sempre muito, um é pouco, dois é insuficiente, três é razoável, quatro já começou a melhorar e por ai vai. Esta regra vale para tudo, celular, computador, tablete, relógios, sapatos, carros etc.

Esta é a cultura da abundância a qual uma parte da humanidade aprendeu, cresceu e se acostumou com ela. Fomos educados para ter as coisas e nos condicionamos a querer sempre mais do que temos, mesmo quando o que temos já é muito mais do que precisamos para viver com conforto e dignidade.

Sensação de infelicidade constante

Este sentimento de querer sempre mais trás uma sensação de infelicidade constante, por nunca estarmos satisfeitos dificilmente desfrutamos do que já temos. Isso é muito comum com adolescentes, mas acontece com todo mundo, armários entupidos de roupas e nenhuma nos atende. Uma variedade de escolha grande nas refeições e nada nos agrada. É muito ruim viver com este sentimento de “falta alguma coisa”.

O fato é que ao olharmos para cima descobrimos que alguém tem sempre mais. Não me entenda mal, não estou propagando o conformismo, não é isso em absoluto, todos nós temos o direito de melhorar nossas vidas sempre. Estou me referindo a sentir-se infeliz por não ter algo e se frustar por isso.

Se olharmos para os lados ou para baixo veremos pessoas que estão as vezes muito mais felizes com muito menos do que temos. Por exemplo, enquanto reclamos de que não há nada novo para comer, há pessoas que gostariam de ter “qualquer”coisa para comer.

Não dormi o suficiente

Quantas vezes acordamos insatisfeitos por termos dormido e gostaríamos de ter mais tempo para ficar na cama.
Durante o dia, nunca temos tempo suficiente para fazer o que queremos, sempre perdemos alguma coisa como datas de entrega, horários de compromisso, oportunidades de negocio ou de desenvolvimento pessoal, a lista é interminável.
Isto tudo causa um sentimento desestimulante e esconde quantas coisas boas nós herdamos pelo simples fato de estarmos vivos.

Percepção de escassez

Apesar da nossa cultura de perceber a escassez e enumerarmos sempre o que esta faltando, este sentimento não é real por que ele nos fecha a visão para tudo que temos de bom como seres humanos. 
É fato que existem milhões de coisas que não temos, mas há também milhões de coisas que temos e se pudermos enxergar melhor veremos que temos mais do que  sequer imaginávamos que viriamos a ter um dia e devemos enxergar nossa vida com outra visão.

O importante é ser feliz e a felicidade está nas pequenas coisas

Sentimento de Gratidão

O sentimento de gratidão nos impele a ver nossa vida sobre o ponto de vista positivo de valorizar o que temos e não sobre o ponto de vista de reclamar e relacionar o que gostaríamos de ter. 
Agradecer pelo que temos amplifica nosso sentimento de realização. Agradecer pela benção de estarmos vivos e sermos plenos com visão, olfato, audição, paladar, tato e locomoção. Agradecer por sermos aptos a trabalhar e poder ter uma vida melhor e ajudar outras pessoas a melhorarem e serem mais felizes.


O fato é que agradecendo pelo que temos, teremos energia para conquistar a felicidade, a paz interior e a tranquilidade que são o que de realmente importante há na vida.

Seja feliz!