quarta-feira, 10 de abril de 2013

COMO SABER SE ESTOU AGRADANDO?


COMO SABER SE ESTOU AGRADANDO?


Como você vai saber se está “agradando” ou “trabalhando bem” se seu “chefe” nunca te fala nada? Você tem este problema? NÃO! Então você é um privilegiado e agradeça ao seu chefe por isso. Por que? Ora porque 99,99% das pessoas tem exatamente o oposto, ou seja seus chefes nunca lhes dizem se estão indo bem ou não.

MAS, ENTÃO COMO VOU SABER SE ESTOU TRABALHANDO BEM?

Vou listar abaixo 10 coisas que nossos chefes nunca nos dizem, mas se aplicam diretamente ao nosso trabalho, acredite, todo mundo tem este mesmo problema, até os chefes que tem chefes. Esta lista pode ser lida em qualquer sequência, não há ponto mais importante, todos tem o mesmo peso e devem ser respeitados da mesma maneira. OK?

1)    O que você faz fora do trabalho importa muito: Seu chefe não fica te seguindo o tempo todo, a menos que você de uma razão para isso. Nem tão pouco fica vigiando sua página no facebook e o que você “posta” lá. Mas, toda vez que você posta algo no facebook ou qualquer outra mídia social, o que você “postou” está ligado a sua vida profissional também, portanto, tenha cuidado com as coisas que você “divide” no facebook elas podem mostrar mais do que você imagina a respeito de seu caráter e valores pessoais.
2)    Sua atitude conta tanto quanto seu compromisso com a empresa: Goste você ou não as regras e normas da empresa estão ai para serem cumpridas e respeitadas. O que o seu chefe não lhe diz é que além de respeitar estas regras e normas você está sempre sendo avaliado pela sua capacidade de trabalhar e respeitar seus colegas de trabalho. Mesmo que você cumpra seu trabalho com perfeição, seu chefe não gostará de ouvir reclamações a respeito de sua atitude em relação a empresa, seu tratamento com as pessoas e suas atitudes negativas.
3)    Fale! Não tenha receio de se fazer ouvido. Os funcionários mais respeitados são aqueles que tem iniciativa. Pessoas com personalidade forte sempre são bem avaliadas. Se você fez um bom trabalhe, peça um elogio. Se você quer ser promovido, pergunte como conseguir. Se você acha que algo está errado, converse com seu chefe sobre o assunto. Todo mundo gosta de pessoas interessadas no bem comum e que estão dispostas a crescer e evoluir profissionalmente e como pessoas.
4)    Siga o líder. Procure entender a maneira de seu chefe comunicar as coisas, cada pessoa tem seu jeito, o nosso, que temos chefes é entender como é o jeito do nosso chefe dizer-nos como quer que as coisas aconteçam. Não confronte seu chefe, procure entender o jeito dele.
5)    Faça seu marketing. Mas, sem pisar nas costas dos outros. Seu chefe não tem tempo de acompanhar pessoalmente o que cada membro do seu time faz o tempo todo. Mantenha seu trabalho registrado e atualizado e fale sobre seu progresso e suas conquistas todas as vezes que tiver oportunidade. Quem não é visto, não é lembrado.
6)    Ninguém gosta de ser avaliado. Ser avaliado é tão ruim para os chefes quanto para nós. Mantendo seu trabalho em dia, cumprindo suas metas e objetivos contribuirá muito para facilitar o processo de avaliação. Não ser pego “de calças curtas” ou nunca saber o que está acontecendo lhe garantirá uma má avaliação sempre, formal ou informal. Não se iluda, estamos sendo avaliados a cada segundo.
7)    Vista-se para o trabalho. Se você vai trabalhar, vista-se para trabalhar, não para passear, ir ao shopping ou a praia. Lugar de trabalho requer roupas adequadas. E depois você nunca sabe se será chamado para conversar com alguém importante ou se receberá uma visita inesperada e “importante”. A primeira impressão, e a segunda, a terceira... é a que fica. Por tanto asseio e elegância não fazem mal a ninguém.
8)    Todo mundo gosta de elogio. Até seu chefe gosta de ser elogiado pelo trabalho bem feito, então elogie seu chefe também. Mas, cuidado o limite entre o elogio e o “puxa-saquismo” é muito estreito. Tome cuidado também de manter suas palavras de elogios sinceras e livres de dupla interpretação.
9)    Seja um “RESOLVEDOR” de problemas. Não traga mais problemas, se você não pode ou não quer ajudar, é melhor ficar quieto e guardar suas opiniões negativas. Todo problema tem solução, toda solução requer trabalhar as causas do problema. Nem sempre as soluções dependem de você pessoalmente, mas se você sugerir algumas alternativas alguém vai ouvir e juntar com suas próprias alternativas e juntos encontrarão uma solução para as causas do problema e até para o problema em si.
10)   Seja responsável pelos seus atos. “O transito estava horrível”, “tive um problema pessoal pra resolver”, “não recebi seu e-mail”, “ninguém me falou nada”, “isto não é comigo”, “esta meta é muito alta”, “estão faltando mercadorias”, “hoje é feriado” ... Poderíamos ficar aqui o dia todo relatando dezenas, centenas de desculpas que povoam nosso imaginário quando estamos prestes a justificar o injustificável. Chegue no horário, leia seus e-mails, procure se informar sobre o que acontece em seu trabalho, faça parte do time e o mais importante de tudo “FAÇA A SUA PARTE”. Ninguém gosta de gente que se desculpa o tempo todo. A frase “desculpe, isto não vai acontecer novamente” só cola uma vez na vida.

Este texto foi originalmente publicado no jornal O Campeão das Farmácias Pague Menos na edição de fevereiro de 2013.