domingo, 21 de abril de 2013

ANOTHER EARTH (Um segundo planeta terra)

A descoberta de um segundo planeta terra e uma série de eventos mudam totalmente a vida da personagem Rhoda.

ANOTHER EARTH (Um segundo planeta terra)

Terminei de assistir ontem este filme extraordinário, depois de três tentativas de iniciar e voltar para o inicio para entender direito o enredo, talvez agravado pelo fato de te-lo assistido em uma tela de 7 polegadas do meu tablet samsung. Vou copiar um trecho do site http://omelete.uol.com.br/cinema/another-earth-sai-o-trailer-da-ficcao-cientifica-indie/ para facilitar a introdução do filme no contexto.


"No filme, escrito por Mike Cahill e Brit Marling, a descoberta de um novo planeta no espaço, aparentemente escondido atrás do sol até então, espanta a população. Rhoda Williams (Marling) é uma estudante de astrofísica do MIT que também se encanta com o novo astro. Dirigindo durante uma noite, enquanto admirava o planeta azul, ela bate seu carro em uma van e mata a família de um célebre compositor, John Burroughs (William Mapother), que entra em coma. Nos anos em que Rhoda fica presa, astrônomos descobrem que o tal planeta é uma segunda Terra - e pessoas daqui conseguem se comunicar com essa Terra-2 de realidade paralela. Cahill dirige o filme, que ele descreve como um drama de ficção científica indie épico minimalista. O filme estreia nos EUA em 22 de julho, pela Fox Searchlight.".

Rhoda e John são os personagens principais do enredo além é claro do segundo planeta terra
O filme todo gira em torno de Rhoda e John, ela tenta desesperadamente obter perdão para si própria servindo a John em tudo que está ao seu alcance e o faz de forma tão dedicada e intensa que ele termina por se apaixonar por ela criando um drama maior ainda que culmina com a cena em que ela conta a verdade para ele. 

O filme vale a pena ser assistido pelo tremendo foco que ele dá a nossa fragilidade, impermanência e dependência de nossas decisões  durante nossa curta existência. A ideia de que outra Rhoda existia e que talvez tenha tido uma sorte melhor norteia as ações e pensamentos da personagem central até que no final ela descobre que a segunda terra e seus habitantes são uma cópia exata de tudo que existe na terra original incluindo seus problemas e dramas pessoais.


Brit Marling como Rhoda Williams no filme Another Earth (2011)
O filme termina com a duvida se esta é a outra ou a terra original. Existem alguns personagens e pequenos dramas paralelos que enriquecem o enredo. Vale como reflexão sobre no que dedicamos e qual o significado da nossa vida.

Não contarei mais para não atrapalhar as pessoas que ainda o desejarem assistir.

P.S. Ontem assisti a outro filme que talvez comente aqui em breve, mas uma frase deste me chamou a atenção: " Não existem erros, existem lições e aprendizados que formam nosso caráter e personalidade em nosso processo de crescimento como ser humano." Bem pertinente.