domingo, 5 de setembro de 2010

O Brasil dos ingênuos

urna3

Em agosto bati meu próprio recorde, 13 dias viajando e 17 cidades visitadas. Em todos estes lugares encontrei uma coisa  marcante e comum acontecendo, A CAMPANHA EEITORAL, o ritmo e o gênero musical podem mudar, forró no norte/nordeste, musica sertaneja no centro oeste e samba no Rio do Janeiro, mas a mensagem de péssima qualidade e os “bordoezinhos” ridículos que entram em nossa cabeça como uma lavagem cerebral são os mesmos. Nossos compatriotas que concorrem por cargos eletivos não tem dó nem piedade dos pobres cidadãos que no final pagam toda esta conta de carros de som, panfletagem, cartazes, bandeiras, camisetas e pasmem os senhores, em pleno século XXI, na era dos Jetsons, O HORÁRIO POLÍTICO OBRIGATÓRIO NA TV E NO RÁDIO (Graças a Deus, temos a TV a cabo para fugir desta coisa).

chargeA impressão que tenho, e gostaria muito de estar errado, é a de que estes senhores e senhoras que brigam pelo nosso voto subestimam a inteligência e a honestidade do povo brasileiro. Eu não posso acreditar que diante do NADA que eles fazem e que realmente deve ser e é a obrigação dos governantes e legisladores, que é cuidar da saúde, educação e dos serviços básicos de infra-estrutura, as pessoas caiam na conversa do que eu fiz isso e fiz aquilo e vou fazer isso e vou fazer aquilo se eleito for.

Onde estão os hospitais, escolas, saneamento básico, estradas decentes, só pra iniciar e é melhor ficar por aqui? Se os mandatários atuais não o fizeram, por que teríamos que reelege-los novamente e também colocar outras figuras novas para não fazer também? Será que os “bolsa isso” e “bolsa aquilo” são suficientes para garantir o voto? Será que as mensagens do “Agora sim as coisas vão andar com fulano eleito” são suficientes para garantir o voto?vote1

Por que que quando eu vejo um politico ou pretendente a politico eu não consigo enxergar uma pessoa que realmente queira trabalhar para o bem do público? Eu sou ingênuo o suficiente para acreditar que o nosso pais, o verdadeiro Brasil é imune a politica e aos políticos. Estes (os políticos) são uma carga PESADÍSSIMA que temos que carregar, por que da forma como esta engrenagem foi montada não tem como desmontá-la sem a  boa vontade e a coragem de verdadeiros POLÍTICOS evidentemente.

A política existe e é necessária, por que sem politica não há democracia e nem governo, mas os nossos legisladores e governantes poderiam ir com menos sede ao próprio pote e cuidar mais dos brasileiros.

Escolha seu candidato, vote com confiança e acompanhe o trabalho dele, se ele não cumprir o que prometeu, o que é quase  101% certo, não vote mais nele, é a única coisa concreta que você pode fazer para ajudar o Brasil.

Entretanto, uma coisa boa aconteceu nos últimos tempos, graças ao poder judiciário, A LEI DA FICHA LIMPA. Que já está embora muito singelamente limpando a casa e expulsando alguns nomes que nunca deveriam ter entrado.