domingo, 15 de agosto de 2010

Do Príncipe Valente ao Led Zeppelin

Quase um mês sem postar, é explicável mais inaceitável, principalmente depois que minha filha Mariana me presenteou com o novo tema do Blogh. O fato é que tirei duas semanas de férias quando fiquei longe do computador, depois voltei a trabalhar e aí, bom não deu para fazer mais nada. Durante as minhas férias revisitei alguns hábitos antigos meus, dois deles a muito afastados. A primeira coisa é ouvir música com atenção e máxima concentração, não simplesmente deixar a música tocar enquanto se faz outras coisas, ouvir música com fones de ouvido e ultra ligado à tudo,  compassos, harmonia, letra, instrumentos, desempenho dos músicos etc. A segunda é ler histórias em quadrinhos, eu já tive uma coleção enorme de histórias em quadrinhos colecionadas anos e anos desde a minha infância. Infelizmente as perdi, quase todas. A Mariana conseguiu salvar algumas e me enviou a uns dois anos. Perdi também a minha coleção de discos de vinil, muitos livros e, bom deixa isso para lá.
Sempre tive uma admiração profunda e até uma pontinha de inveja das pessoas que são capazes de elaborar e executar grandes criações como músicas e histórias. Nas histórias em quadrinhos o Harold Foster criador do Príncipe Valente é o ícone, o mestre, este cara é imbatível, não existe nada se quer parecido com a saga do Príncipe Valente brilhantemente escrita e ilustrada por ele. É antigo, foi criado em 1937 e muita gente não deve ter nem ouvido falar, mas dê uma olhadinha no google imagens, digite lá Príncipe Valente e admire o trabalho do Hal Foster. Se desejar eu te indico onde conseguir comprar os livros com as histórias do Príncipe Valente.  Stan Lee é outro mágico, este foi responsável por inúmeros personagens, os mais famosos são Homem-Aranha, Homem de Ferro, Quarteto Fantástico, Hulk, X-Man, Surfista Prateado, Thor e o Capitão América, mas existe centenas deles. O Stan Lee foi criador da Marvel e durante décadas era o editor e criador de todas as histórias que a Marvel publicava. Vá lá no google e leia a biografia do homem que é impressionante. Há também o Burne Hogarh que desenhou Tarzan e o segundo maior de todos o Alex Raymond que criou o Flash Gordon e o Agente X-9. Evidente que estas coisas eram muita mais valorizadas antes que o vídeo, dvd e computadores caíssem em nossas mãos.
Você já prestou atenção em quantas notas o The Edge toca em uma única música do U2? Você conhece e já  ouviu com atenção o Jimmy Hendrix tocar ou o Eric Clapton, e David Gilmour do Pink Floyd, Jimmy Page do Led Zeppelin, Pete Townshend do The Who, Steve Howe do Yes? O John Fogerty do Creedence e o Steve Ray Vaughn? Eu já dediquei inúmeras horas da minha vida a ouvir estes caras tocar e agora com o dvd eu fico ainda horas ouvindo e VENDO os caras tocarem. O que me impressiona é a capacidade de tirar estes sons incríveis do braço de uma guitarra. Como é que eles lembram de cada nota, do tempo certo de tocá-la, da velocidade correta dentro da música e ainda cantar junto, sem falar na própria composição em si. Eu fico simplesmente admirado com isto. Coloquei todos os cds destes caras no meu iPod e passo minhas horas de avião ouvindo em imersão total estas obras maravilhosas.
Alguns podem até pensar, tanta coisa importante na vida e este cara vem me falar de histórias em quadrinhos e guitarristas? Uma coisa é certa, para mim estas duas coisas, além de outros hobbies que tenho, como este de escrever este Blogh, funcionam como “Limpadores de Cabeça” depois que faço alguma coisa que gosto, como passar uma hora lendo uma aventura do Príncipe Valente, fico tão tranquilo e com a cabeça tão limpa e renovada que consigo enfrentar qualquer desafio que me apareça e agüentar o peso das obrigações do dia a dia. Outro ponto importante, isto tudo ajuda a manter o meu espirito jovem, mesmo que o corpo esteja envelhecendo, o que é natural,  o meu espirito continua jovem e saudável cheio de bons pensamentos, alegria, felicidade e esperança.
Tenho agora mais dois companheiros para as longas horas de avião e aeroporto. Um grande abraço a todos que tem a paciência de ler minhas idéias, obrigado pelo apoio. Se você conhece algo bacana em música ou história em quadrinhos me conte, estou também ávido por novidades.