segunda-feira, 19 de julho de 2010

Não sei vocês no restante do Brasil, mas aqui…

Começou pessoal, começou a temporada de desrespeito aos ouvidos, olhos e inteligência dos brasileiros. Vejam bem, eu vou votar, estou já estudando quais são os candidatos que merecerão o meu voto. O que quero me expressar aproveitando este espaço e a vossa paciência é a falta de senso dos nossos candidatos. Entra eleição e sai eleição e a ladainha é a mesma. Pelo amor de nosso pai eterno!
Aqui onde moro, os marqueteiros que estão “marquetando” a briga pelo segundo termo fizeram um forrózinho pra chamar a atenção. Este forrózinho é extremamente eficiente na sua rima que entra na nossa cabeça e é até difícil de tirar. Se o objetivo é este eles conseguiram. Mas não conseguiram me convencer que este ou aquele são os candidatos certos. E certamente não é uma musiquinha que irá me convencer.
Estou prematuramente triste, por que sei que os senhores e senhoras que deveriam cuidar da nossa cidade, do nosso estado e do nosso Brasil irão poluir as cidades com suas fotos, faixas e cartazes, musiquinhas e trios elétricos, palanques e pasmem em pleno século 21, horário politico OBRIGATORIO na TV e rádio.
Entendo que a politica é necessária, não há governo sem politica e sem eleições, o que peço é para respeitarem a minha cidadania com programas de governo que atendam o que as pessoas precisam e sem prometerem o que não irão cumprir. Não sou politico, não tenho competência para isso, mas sou cidadão e eleitor e peço para que o nível das campanhas e dos políticos subam para o patamar que nós brasileiros merecemos. Afinal quem paga toda esta conta somos nós e nossos impostos.
Mesmo quem é isento do IRPF e mesmo quem recebe ajuda das bolsas isso e bolsas aquilo também pagam impostos em alimentos, saúde, transporte e moradia. Já que pagamos devemos cobrar o retorno do nosso suado dinheiro em serviços, saúde e educação que é a prioridade de qualquer governo.